Reflexões sobre o trabalho de um corretor de imóveis

ID-10066391

É preciso gostar do trabalho: O objetivo de todo emprego é ganhar dinheiro para ser feliz. Se você não gosta da empresa, do chefe, ao ponto que ir trabalhar é uma coisa insuportável, por que continuar? Em resumo, todas as imobiliárias trabalham de forma parecida, então, se você achou uma determinada empresa ruim, dificilmente irá gostar das demais.

Vou ficar rico em alguns anos: São raras as imobiliárias que pagam salário fixo. Além disso, aprende-se que a comissão do corretor gira em torno de 6%, porém, nessa porcentagem também estão somadas a parte do dono da imobiliária, do gestor e do captador. Um imóvel de R$200 mil gera uma comissão de R$12mil. Dessa quantia, o corretor deve levar uma quantia muito próxima da metade: R$6 mil. Ou seja, se o profissional ficar três meses sem vender um imóvel, o que é algo natural, terá de sobreviver com uma média de R$2 mil mensais até conseguir uma nova venda.

Tempo livre: A liberdade de horários na prática, não condiz com a realidade. Um corretor não tem tempo livre. O celular sempre estará ligado à espera de um cliente. Muitas vezes, você estará com compromissos agendados para um determinado dia, e pode até ser no domingo, de repente terá de cancelar tudo para realizar um atendimento. A flexibilidade não existe, você está sempre de plantão.

Desempregados, cuidado: Como já foi mencionado, o salário pode não ser um maravilha, principalmente, para quem está começando na profissão. Se você estiver desempregado e precisa de dinheiro a curto prazo, cuidado, se a questão emocional afetar seu rendimento, tudo estará perdido.

William Cruz – Colunista do PortaisImobiliários.com.br uma rede de portais de imóveis, como o portal de imóveis em Matinhos | imóveisMatinhos.com, presente em mais de 250 cidades do Brasil.

Créditos da imagem: free digital photos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>