Mercado

Curitiba pelos olhos dos curitibanos

IMG_1473Com os avanços da tecnologia, hoje, muitos de nós carrega uma câmera fotográfica de boa qualidade junto ao celular. Com essa facilidade é possível registrar inúmeros momentos em nosso dia a dia.

Aproveitando essa facilidade o portal Icuritiba.com reúne em sua página no Facebook diversas fotos da cidade.

Uma história de trabalho e dedicação.

CapelliniCom mais de 10 anos de experiência no mercado imobiliário, André Capellini, o fundador da Capellini Imóveis, sentou-se com nossa equipe e contou um pouco sobre sua trajetória no mercado imobiliário de São José.

Caixa Econômica aumenta crédito imobiliário pela segunda vez no ano

mount-vernon-1519531_1920A partir do dia 25 de julho, a Caixa Econômica Federal (CEF) financiará imóveis de até R$3 milhões, o limite anterior era de R$1,5 milhão. Quem comprar um imóvel usado poderá financiar pelo banco até 70% do valor total. Se o imóvel for novo, a CEF financiará até 80%.

Os “queridinhos” do mercado imobiliário curitibano

shutterstock_128770676Imóveis de até R$400 mil, essa é a preferência de quem comprou uma casa em Curitiba no primeiro semestre de 2016. Nesse período, 75% das unidades vendidas estavam nessa faixa de preço. A informação, divulgada no jornal Gazeta do Povo, faz parte de um estudo realizado pelo Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), ligado ao Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná (Secovi-PR).

O dilúvio passou corretor de imóveis

shutterstock_143144284Não há como negar que o mercado passou por momentos difíceis nos últimos anos. O corretor de imóveis cansou de lidar com clientes que pesquisam muito, fazem inúmeras perguntas, pedem desconto e, mesmo com os pedidos atendidos, desistem na última hora.

Essa foi a rotina nas imobiliárias, as incorporadoras também deixaram de construir unidades e só quem precisa de dinheiro com urgência, decide vender com desconto. Por isso, a queda real nos preços foi inevitável. Em 2015 a valorização dos imóveis não passou os 2%, enquanto que a inflação ficou em 10,67%.

Não bateu a meta, na China você apanharia

bancarioUm vídeo publicado no youtube chama a atenção da comunidade internacional. Trata-se de uma suposta ação de um banco chinês, na qual oito funcionários apanham na frente dos colegas. O desempenho insatisfatório dos trabalhadores é o motivo para as agressões. A filmagem, feita por um celular, foi divulgada pelo jornal People´s Daily.

Quatro lugares onde o mercado imobiliário está pior do que o brasileiro.

shutterstock_80099416Para o corretor de imóveis que vive reclamando da vida, do mercado, enfim, de tudo, saiba que em outras localidades do globo a coisa está muito pior. Confira na sequência onde o setor de imóveis está abaixo do cenário brasileiro. As informações são do Global Property Guide, publicadas no portal Exame.com, que analisa 44 mercados espalhados pelo mundo.

A importância dos portais imobiliários para o corretor de imóveis

office-583841_1920Utilizar portais imobiliários é indispensável para o corretor de imóveis ter sucesso. Isso porque, 96% dos compradores iniciam a busca pela casa própria na internet. Quando o cliente pesquisa no Google a palavra “imóvel”, os primeiros resultados indicam os portais imobiliários.

Por exemplo, quem busca o termo “imóveis em São José dos Pinhais” e clicar no botão “estou com sorte” será automaticamente direcionado para o site www.imoveissaojose.com , que é o portal imobiliário de destaque na cidade.

Na prática, essas empresas fazem um trabalho de marketing digital para atrair os clientes, e funciona! Corretor de imóveis, esse é o comportamento do mercado, não há como negar isso. Portanto, é preciso dedicar um tempo para os portais imobiliários. 

Bairros mais caros de Curitiba para comprar um terreno

dollar-941246_640Como mencionado no texto: “Oferta de terrenos aumenta em Curitiba” (link: http://www.portaisimobiliarios.com.br/blog/oferta-de-terrenos-aumenta-em-curitiba/), o número de terrenos à venda cresceu 8,5% no último ano, em Curitiba. No total, agora são 3,8 mil unidades disponíveis. No comparativo com 2014, o aumento chegou a 25,6%, naquela época três mil terrenos estavam à venda.

Dados do mercado imobiliário brasileiro

money-18554_640

O mercado imobiliário brasileiro valorizou 0,11% nos últimos 12 meses encerrados em maio. A informação é do Índice FipeZap, publicada no portal Exame.com, e leva em consideração a variação dos preços dos imóveis anunciados em 20 cidades. Desde que o FipeZap ampliou sua pesquisa, em janeiro de 2013, essa é a menor alta registrada.

Na comparação com a inflação do período, prevista pelo Boletim Focus do Banco Central, o setor de imóveis apresentou uma queda real de 8,21% nos últimos 12 meses. Entre as regiões pesquisadas, nenhuma apresentou valorização superior à inflação. Em Belo Horizonte, Distrito Federal, Niterói, Recife e Rio de Janeiro houve queda nominal de preços.